Rebentos em 3 dias no espaço de um frasco

“Eu até gostava, mas não tenho tempo nem espaço para cuidar de uma horta.” Treta. Neste artigo vamos ver como podemos ter plantas produtivas, a partir da semente, em apenas 3 dias. O espaço necessário? Um frasco. Pequeno. É muito simples:

Arranja-se umas sementes

feijão fradinho e grão-de-bicoPode ser de soja ou de outro rebento famoso. Aqui não tenho disso. Mas tenho ali na despensa feijão fradinho e grão-de-bico. Do mais barato. É melhor.

Demolha-se por 12 horas

demolhar8 horas, 14 horas, quem é que está a contar? Deixa-se a demolhar de noite. Ou de dia. Isto não é astrofísica. As sementes triplicam de tamanho. É melhor encher menos de um terço do frasco. Eu avisei.

Passa-se por água e escorre-se

passar por águaDe 12 em 12 horas. Mais simples: de manhã e à noite. Força nessa água, para não permitir o crescimento de bactérias.

Outra vez, de manhã e à noite

Frascos em tigelasPonham a escorrer os frascos de maneira a que entre ar. As sementes precisam de oxigénio.

Eu tinha dito 3 dias.

grão-de-bico a germinarÉ preciso passar por água e escorrer mais duas vezes.

Pronto

rebentos de grão-de-bicoJá está. Os rebentos são plantas, e comem-se. Porque é que se comem? Porque são mais fáceis de digerir do que as sementes originais, porque têm mais nutrientes, e porque são mais deliciosos. rebentos de feijão fradinho Então e como é que se comem? Põem-se em água a ferver durante 15 minutos (e uma pitada de sal). Depois serve-se em saladas, salteia-se, usa-se em sandes, atira-se para dentro do arroz (ou da sopa). Basicamente é como o bacalhau, exceto que os rebentos não são um peixe. Nem são salgados. Nem vêm da Noruega. Nem dão lascas. Nem têm espinhas. Mas de resto é como o bacalhau. Dá para preparar de mil e uma maneiras.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *