10 ideias para vasos

Porquê reutilizar?

Até para manter uma horta surgem desafios: há quem tenha pouco €spaço, t€mpo e tenha dificuldades em ter um €stilo de vida mais €cológico. Isto para não falar do desafio económico, que é comum a todos. Reutilizar recipientes que à partida não teriam outro destino senão o ecoponto, acaba por ser uma solução interessante a todos os níveis. Isto sem falar da oportunidade de sermos criativos e originais. Assim que começarem, os vasos “normais” vão começar a parecer aborrecidos.

Ideias pré-formatadas do que deverá ser um vaso podem ser postas de lado. Há que ter ideias inovadoras e criativas. Os objetos mais comuns do dia a dia podem ser usados para plantar e semear o que quisermos. Alguns deles poderão estar escondidos no sótão, na garagem ou nas prateleiras da cozinha. Outros poderão ser encontrados nos ecopontos, se estiverem dispostos a “vasculhar” um pouco.

Mas antes de começar a pôr o que quer que seja num recipiente, é bom termos em mente que é preciso que ele tenha boas condições de drenagem. Também, se for um recipiente que tenha servido para guardar substâncias prejudiciais, será necessário proceder a uma limpeza mais minuciosa antes de se poder plantar.

1. Latas de alumínio

lata

As latas grandes de feijão, por exemplo. Mas latas, há-as de todos os tamanhos. Os maridos podem comprar aqueles barris de cerveja e dizer às esposas que foi a pensar nos vasos … Pontos extra. Se quiserem podem dar-lhe uma pintura por cima e decorar das mais diversas maneiras.

2.  Sacos de Café

saco de caféOs sacos de café são feitos de um plástico durável. Há quem faça inúmeras coisas com eles, como malas, cestos para o pão ou para pacotinhos de açúcar… Nós fazemos vasos!

3. Garrafas/garrafões de água

garrafas de plástico Há várias maneiras de construir vasos a partir de garrafas e garrafões. Desde a forma mais simples, que é cortar a parte superior e aproveitar o resto da garrafa, até algumas formas mais engenhosas e que servem diferentes propósitos. Veja aqui uma forma interessante de construir um vaso com uma garrafa.

3. Sapateira

sapateiraUma sugestão para horta vertical. Aqui talvez seja melhor colocar algum tipo de vaso em cada compartimento (podem usar qualquer uma das ideias acima) para aumentar a durabilidade do material. Com a terra e a rega em contacto direto com a sapateira, é provável que ela se comece a rasgar em pouco tempo. Assim, com o devido cuidado, torna-se uma forma prática para quem tem pouco espaço numa varanda ou num alpendre.

4. Palete

paleteOutra solução para hortas verticais. Ver como construir aqui.

5. Louça de cerâmica

louçaChávenas, canecas ou até tigelas velhas. Sabem, aquelas que já estão esmurradas nas bordas mas temos pena de as deitar fora ainda assim? E ficam bonitas, dependendo do tamanho e da forma, como centro de mesa num mobiliário de jardim, por exemplo.

6. Escorredores ou outros recipientes em aço inoxidável

escorredorOs escorredores já têm os furinhos para drenar a água. Há-os coloridos ou em aço inoxidável. Têm algum para deitar fora?

7. Carrinho de mão

carrinho de mãoCarrinhos de mão velhos podem ser boas mini-hortas. A vantagem em relação aos outros tipos de vasos é que se podem plantar vários tipos de vegetais no mesmo espaço. Se der jeito, podem movê-lo para outro local.

8. Recipientes de vidro

recipientes de plásticoPor exemplo, frascos de doce ou de molhos, ou outros recipientes, como aqueles que trazem as velas, simples ou decorados, podem fazer vasos interessantes para ervas aromáticas. Não se esqueçam da drenagem. Uma solução viável é colocar algumas pedras no fundo.

 9. Cestos de palha

cesto de palhaEstes, tais como as sapateiras, deverão ter algum tipo de proteção para serem mais duráveis. Não coloquem a terra diretamente no cesto.

10. Quem diria?

galochasAqueles objetos que seriam os últimos que pensaríamos em utilizar como “horta” ou “jardim”, podem dar vasos fantásticos. É só puxar pela imaginação e dar uma nova vida a itens que temos na nossa casa e que estão arrumados a um canto há anos! Comecem a pensar neles… calçado, caixas de ferramentas, peças de mobiliário… e no uso que lhes vão dar.

Têm mais ideias para vasos? De certeza que sim. Deixem as vossas sugestões nos comentários.

You may also like...

4 Responses

  1. Andreia Lopes diz:

    Ó Vera, as chávenas estão muito giras, mas galochas são fofinhas demais, não sei se tinha coragem de as estragar para fazer vasos. Gostei muito deste artigo, continua assim. Já ando a olhar para umas coisitas cá em casa de maneira diferente…

  2. Marujo diz:

    Grandes ideias!
    Como é que de coisas simples, artefactos do dia a dia, que em vez de poluirem o ambiente, servem exactamente para o oposto.
    Bem imaginado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *